Destaques

 

Colubhe 2016 (Livro de Conferências)

O nosso caminho é sempre fruto da nossa história e da nossa herança. Para o percorrer precisamos do presente onde nos contextualizamos, nos identificamos e nos afirmamos. Os encontros são locais de partilha, de convívio, de consolidação e de criação de agendas para o futuro. Os Congressos Luso Brasileiros de História da Educação têm sido tudo isto e tudo o que não é possível circunscrever em palavras. As suas memórias só poderão ser mais perenes se conseguirmos materializa-las em produtos que hoje podemos ler, amanhã rever e depois alguém constituir como objeto de estudo.
O Porto em 2016 serviu de palco a mais um destes encontros onde, sob o lema Investigar, Intervir e Preservar, procurámos reafirmar o que nos une enquanto agentes de um espaço de investigação, mas também aquilo que nos diferencia em termos de produtos, de técnicas, de metodologias, em suma de uma identidade cultivada na autonomia. A ordem por que decidimos elencar a agenda do encontro remete-nos também para a hierarquia de importância que concedemos a cada um. Investigar como um quadro epistemológico específico que convirá sempre rever e afinar. Intervir porque, desde há algum tempo, importa reivindicar um espaço de intervenção social. Preservar porque na volatilidade das coisas importa defender a cultura material escolar e exigir a sua permanência física num mundo cada vez mais virtual. Esta agenda serviu também para percebermos se o que cada um pensa encontra interlocutor na comunidade científica a que pertencemos. (In Investigar, Intervir e Preservar em História da Educação, p. 7)
Este livro foi coordenado por Luís Alberto Marques Alves e Joaquim Pintassilgo e conta com textos de Justino Magalhães, Diana Gonçalves Vidal, Marcus Aurelio Taborda de Oliveira, Jorge Ramos do Ó, Terciane Ângela Luchese, David Justino, Angela de Castro Gomes e Margarida Louro Felgueiras.

Acessível em: Investigar, Intervir e Preservar em História da Educação
_____________________________________________________________________________________________________

 

Encontros Ibéricos de História da Educação (Publicações)

As comunidades científicas exteriorizam-se por afinidade investigativa, por capacidade de partilha, por persistência de encontros, por disponibilidade de resultados.
Aquelas que pretendem deixar marcas no tempo afirmam-se também por procurarem deixar num espaço mais físico ou mais virtual os contributos que os seus membros, em diferentes momentos tiveram a generosidade de legar.
Todos os contributos generosos, são intemporais, porque enquanto investigadores que trabalhamos com o tempo, sabemos contextualizá-los e, ainda hoje, retirar-lhes sentidos e utilidades para o que continuamos a fazer.
Enquanto coletivos organizados em Sociedades ou em Associações, temos a obrigação de tudo fazermos para tornar acessível o que ainda hoje revela essa utilidade.
Foi assumindo esta responsabilidade social, cívica e científica que a Sociedade Espanhola de História da Educação (SEDHE) e a Associação de História da Educação em Portugal (HISTEDUP) procuraram o interlocutor capaz de materializar a perenidade dos textos dos Encontros Ibéricos que desde 1992 até 2016 foram corporizando os nossos pensamentos, as nossas reflexões e as nossas propostas. Encontramos essa recetividade na Faculdade de Letras da Universidade do Porto que, através da Biblioteca Digital, permitiu tornar o desejo expresso no nosso Encontro de Lugo (2016), na realidade que hoje têm a possibilidade de usufruir.
Boas leituras, bons regressos aos textos intemporais, boas provocações para os percursos que ainda ousem trilhar, ou encaminhar outros mais novos para os percorrerem!

Associação de História da Educação em Portugal (HISTEDUP)
Sociedade Espanhola de História da Educação (SEDHE)
Biblioteca Digital da FLUP

Publicações Encontros Ibéricos de História da Educação

_______________________________________________________________________________________

nova-imagem-6-e1455713718929

XIX Coloquio de Historia de la Educación
Imágenes, discursos y textos en Historia de la Educación. Retos metodológicos actuales

Quando | 19 a 22 setembro de 2017
Onde | El Escorial – Madrid | Espanha

XIX Coloquio de Historia de la Educación

_______________________________________________________________________________________

Congresso Internacional O tempo dos Professores

Quando | 28 a 30 setembro de 2017
Onde | FPCE UPorto | Portugal

Data limite para submissão de propostas: 2 julho 2017
Congresso Internacional O tempo dos Professores

_______________________________________________________________________________________

Nova imagem (18)

O Museu Virtual da Educação convoca a memória e a história do nosso sistema educativo, divulgando materiais que foram utilizados por pedagogos, professores, alunos e outros actores educativos, ao longo de anos, nas escolas públicas e privadas em Portugal. Estes objectos são vistos não como artefactos isolados, mas inseridos nos contextos da sua utilização pedagógica, enquanto recursos didácticos utilizados nas práticas dos professores para ensinarem os seus alunos. Como recursos, fazem parte de uma história do currículo e das disciplinas escolares, permitindo iluminar situações educativas que foram vividas por inúmeras pessoas e marcam os seus percursos pessoais e académicos.

Museu Virtual da Educação

Comments are closed.